Pra mostrar pros netos

 

O dia não poderia ser mais especial para compartilhar o resultado do nosso primeiro ensaio profissional. A Dani Antunes conseguiu capturar e deixar registrado pra sempre uma fase linda do nosso relacionamento. Nosso 12º Dia dos Namorados é mais maduro, leve, cheio de sonhos compartilhados e mais companheirismo do que nunca pra realizá-los. O amor segue ainda mais forte que o primeiro e nosso desejo é para que cada dia possamos ser melhores juntos para eternizar mais e mais momentos maravilhosos como esses.

ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (1) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (2) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (3) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (4) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (5) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (6) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (7) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (8) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (9) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (10) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (11) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (12) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (13) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (14) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (15) ensaio dia dos namorados blog par de vaso dani antunes fotografia (16)

Alguém ensina pra gente como faz pra conseguir parar de olhar essas fotos agora?! <3

Vídeo – Par de Vaso no Nós de Trinta

blog-par-de-vaso-no-nós-de-trinta-guilherme-correa

Adoramos estar cercados de amigos queridos e talentosos como o Guilherme Corrêa. Jornalista dos bons e leitor assíduo aqui do blog que a gente sabe, ele domina uma câmera como ninguém e acabou de lançar um projeto muito bacana chamado Nós de Trinta.

A ideia foi dividir através de uma série de vídeos a maneira que a galera que tem, ou que tá chegando aos 30 anos assim como a gente, encara essa fase da vida. Os primeiros temas falaram sobre cuidados com o corpo e a mente, morar com os pais e a gente teve o maior prazer de fazer parte do episódio sobre… amor! <3

Ficou legal demais, assiste só:

Tá nessa fase também? Conta aqui nos comentários como anda a vida! :D

De casa (e fase) nova!

mudança par de vaso

Acabamos de trocar o apartamento por uma casa. É simplinha, alugada, não tem luxo, mas tem… o Zero! <3 Desde que o Marcus veio pra Criciúma também estávamos loucos pra trazer o dog e agora sim, dá pra dizer que a família está completa! Não dá pra saber quem tá mais bobo, se é ele ou a gente!

A mudança se deu muito em função dele, mas também por alguns outros motivos. Como diz uma amiga, “o espaço era pequeno demais pra tantos sonhos”. Como casal já estava ficando apertado e o fato de morar em um lugar mobiliado limitava a gente a criar um cantinho com a nossa cara. Como blog não tinha como bater foto ou organizar as nossas roupas de uma maneira melhor de tão apertado. Além disso, temos mil ideias que demandariam mais espaço e menos burocracia de condomínio.

Não é só uma mudança de casa, é uma fase nova e boa que estamos ansiosos pra viver juntos. Esperamos que mais ativa, com novas realizações pessoais e mais qualidade de vida.

Aguardem muitos faça você mesmo de decoração, pretendemos tirar muitas ideias legais do papel! :D

Dá pra sentir saudade morando junto?

saudade morando junto blog par de vaso

Quando a gente decidiu morar junto – na verdade não foi bem uma decisão porque acabou acontecendo, não foi planejado -, tínhamos muito medos. Não que eles tenham desaparecido, mas agora parecem ser um pouco menos assustadores. Uma coisa que nos preocupava bastante eram as mudanças que a convivência diária traria pra nossa vida.

Nos últimos três anos estávamos em cidades diferentes com eu morando sozinha e era uma delícia aquela saudadezinha que já começava a bater na quinta-feira, sabendo que iríamos passar o final de semana juntos. Já se passaram seis meses desde que o Marcus veio aqui pra casa e talvez eu nunca tenha sentido tanta saudade como eu sinto agora. Acredite se quiser.

Tem dias que são tão corridos que só nos falamos por telefone e nem deitamos juntos pra dormir. Quando chegamos cedo, falamos das coisas do blog, da casa, família e tudo mais. Não podemos reclamar, pois escolhemos essa rotina e tirando o fato de querermos mais umas 12 horas por dia pra cada, amamos o que fazemos. Trabalhamos com criatividade e estamos sempre inventando sarna pra se coçar, é a vida.

Entre uma jantinha e outra, um Netflix ou WhatsApp de alguma coisa que falta na geladeira, a gente lembra que agora divide o mesmo teto e é maravilhoso (pra não dizer um alívio) ver que nada mudou. A saudade continua ali no canto dela e pelo visto vai continuar assim enquanto existir amor (e outras coisas legais) entre a gente.

Sobre sermos um casal perfeito

sobre-sermos-um-casal-perfeito

 

Temos escutado bastante que somos um casal perfeito e isso tem nos feito pensar. Temos uma relação linda, nos amamos demais e acreditamos sermos mais bem resolvidos do que a maioria dos casais que conhecemos. Mas gente, perfeição passa longe! O blog e as mídias sociais não mostram todos os detalhes do nosso dia a dia, até porque ninguém iria querer saber das discussões bobas, não é verdade? Aqui a gente tenta falar e mostrar as coisas boas que acontecem ao nosso redor, de pessimismo o mundo já tá cheio.

Apesar de toda a nossa afinidade, do “par de vaso” e tudo mais, eu e o Marcus também somos diferentes. E concordamos que é exatamente isso que nos completa. Posso até ouvir ele dizendo: “mas se eu fosse diferente tu não me amaria desse jeito”. E é a mais pura verdade, mesmo eu odiando admitir. Nossos dias são corridos, temos trabalhos onde nos dedicamos bastante e nossas noites nunca rendem como gostariam. Em meio à casa bagunçada sem faxineira, as nossas discussões não são muito diferentes das suas. Sou muito ansiosa e ele é a pessoa mais zen do universo. Na maioria das vezes isso é bom.

Só não queremos que pensem que a nossa vida (muito menos a gente) é perfeita. Somos um casal tão normal quanto qualquer um. A perfeição é chata, acredite! O amor precisa de erros e acertos.