Foi com medo mesmo

ariadne brito

 

Troca de cidade, empresas, a vinda do Marcus, do Zero, nossa saída do apartamento para uma casa e muitas outras coisas. Foram tantas (boas) mudanças e aprendizado nos últimos anos que posso dizer que me orgulho de ter deixado o sonho falar mais alto que o medo em momentos tão importantes para mim.

E como a mocinha aqui apesar de medrosa que é, sempre quer mais, lá vai ela dar uma mexida na vida mais uma vez. Acabo de deixar uma multinacional phoda para viver de blog. Foi mal pela frase-título-de-matéria, mas foi só para reforçar o quão privilegiada e feliz eu tô me sentindo agora. Mas péra, a Fátima ainda não deixou o Par ryco não! hahaha Vou trabalhar com uma das pessoas que mais admiro nesse meio, a Flávia, do blog Fashion Coolture. Demais? Demais é pouco! Acho que ainda nem caiu minha ficha, sabia? Serião.

Algumas pessoas me perguntaram sobre o medo da mudança. Aí eu lembro de todos os textos e mensagens motivacionais que o pinterest falava pra mim. Sim, porque era pra mim, não é possível! Não é assim que a gente pensa? “Vai. E se der medo, vai com medo mesmo”. E foi o que eu fiz. O mundo todo sabe da minha paixão pela área (não estamos falando por aqui por acaso, não é mesmo?), e foi ela quem gritou mais do que nunca agora. O medo? Continua aqui todos os dias e acho que não vai me largar tão cedo. Mas não posso reclamar, nem mandar ele embora, afinal, ele esteve presente em todas as minhas maiores conquistas :)

par de vaso e fashion coolture

Fotinho da equipe (Thiago atrás das lentes!) mais gótica suave at the beach ever para comemorar! hehe <3

De casa (e fase) nova!

mudança par de vaso

Acabamos de trocar o apartamento por uma casa. É simplinha, alugada, não tem luxo, mas tem… o Zero! <3 Desde que o Marcus veio pra Criciúma também estávamos loucos pra trazer o dog e agora sim, dá pra dizer que a família está completa! Não dá pra saber quem tá mais bobo, se é ele ou a gente!

A mudança se deu muito em função dele, mas também por alguns outros motivos. Como diz uma amiga, “o espaço era pequeno demais pra tantos sonhos”. Como casal já estava ficando apertado e o fato de morar em um lugar mobiliado limitava a gente a criar um cantinho com a nossa cara. Como blog não tinha como bater foto ou organizar as nossas roupas de uma maneira melhor de tão apertado. Além disso, temos mil ideias que demandariam mais espaço e menos burocracia de condomínio.

Não é só uma mudança de casa, é uma fase nova e boa que estamos ansiosos pra viver juntos. Esperamos que mais ativa, com novas realizações pessoais e mais qualidade de vida.

Aguardem muitos faça você mesmo de decoração, pretendemos tirar muitas ideias legais do papel! :D

Cabelo cresceu, e agora?

cabelo cresceu e agora ariadne brito blog par de vaso

Deve fazer um meio ano que eu não corto o cabelo, pra mais. Sim, confesso que sou meio preguiçosa com esse lance, só corto quando começa a me incomodar, antes disso, de uns 3 em 3 meses tirando o raspado do sidecut que no verão é de praticamente de 2 em 2 semanas e só tá em dia porque o bofe ajuda. Tinta acho lindo nos outros, mas não encaro o empenho. A cor é herança da vó ^^

Cortei curtinho na formatura do terceirão porque, além de achar o máximo, queria uma coisa fácil de ajeitar. Até hoje só uso pomada, pá, pá, chacoalha, balança e pronto. Tudo isso sem pentear, sempre. Penteado meu cabelo fica uma nhaca, de escova meodeus, terrível! Frescura de pobre… hahaha

Tá, mas o objetivo do post foi refletir sobre o passo que vem agora. Eu amo e pretendo manter o corte bagunçadinho porque fica bom com o ondulado. Mas o sidecut tá me agoniando porque cada vez que eu corto, ele vai entrando e entortando mais, tem uns 2 anos que fiz.

Minha ideia é deixar ele crescer com o resto do cabelo no inverno (aproveitar que dá pra esconder o ninho que vai ficar nos gorros) e quem sabe voltar a fazer no verão. Ainda tô bem indecisa sobre o comprimento, medinho de ficar sem graça, sabe? Foram tantos anos! Mas também foi bem legal voltar a fazer coque, rabinho e afins.

Se tiver ideias, sugestões, uma luz, manda que eu fico bem agradecida! :)

 

► Para saber mais sobre a juba que vos fala, dá uma olhada no meu cabelo por aí: de rabinhosemipresocoque com lençocoque mais altomais curtinho e com coroa de trança.