Cabelo cresceu, e agora?

cabelo cresceu e agora ariadne brito blog par de vaso

Deve fazer um meio ano que eu não corto o cabelo, pra mais. Sim, confesso que sou meio preguiçosa com esse lance, só corto quando começa a me incomodar, antes disso, de uns 3 em 3 meses tirando o raspado do sidecut que no verão é de praticamente de 2 em 2 semanas e só tá em dia porque o bofe ajuda. Tinta acho lindo nos outros, mas não encaro o empenho. A cor é herança da vó ^^

Cortei curtinho na formatura do terceirão porque, além de achar o máximo, queria uma coisa fácil de ajeitar. Até hoje só uso pomada, pá, pá, chacoalha, balança e pronto. Tudo isso sem pentear, sempre. Penteado meu cabelo fica uma nhaca, de escova meodeus, terrível! Frescura de pobre… hahaha

Tá, mas o objetivo do post foi refletir sobre o passo que vem agora. Eu amo e pretendo manter o corte bagunçadinho porque fica bom com o ondulado. Mas o sidecut tá me agoniando porque cada vez que eu corto, ele vai entrando e entortando mais, tem uns 2 anos que fiz.

Minha ideia é deixar ele crescer com o resto do cabelo no inverno (aproveitar que dá pra esconder o ninho que vai ficar nos gorros) e quem sabe voltar a fazer no verão. Ainda tô bem indecisa sobre o comprimento, medinho de ficar sem graça, sabe? Foram tantos anos! Mas também foi bem legal voltar a fazer coque, rabinho e afins.

Se tiver ideias, sugestões, uma luz, manda que eu fico bem agradecida! :)

 

► Para saber mais sobre a juba que vos fala, dá uma olhada no meu cabelo por aí: de rabinhosemipresocoque com lençocoque mais altomais curtinho e com coroa de trança.